País em Foco: Chile. Parte 3: O Mercado de Cosméticos para a Face

A in-cosmetics Brasil teve acesso a uma pesquisa completa realizada pela Mintel (empresa líder mundial em pesquisas) sobre o mercado de cosméticos em diversos países da América Latina. O estudo mapeia cada setor da indústria e nos dá acesso aos números de crescimento dos últimos anos, além de projeções e  perspectivas para o futuro. Desmembramos a pesquisa e ao longo das próximas semanas disponibilizaremos essas informações, divididas em diversos artigos jornalísticos, no nosso site.

CHILE – O Mercado de Cosméticos para a Face

A população chilena em 2003 era composta por 15.92 milhões de pessoas, em 2013 aumentou para 17.56 milhões e a perspectiva é que em 2017 cresça para 18.35 milhões de pessoas no Chile. A performance positiva da economia chilena vem permitindo aos consumidores o acesso aos produtos de melhor valor agregado, encorajando o setor a inovar. O mercado de HPPC (Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) no Chile em 2012 foi de 2.801 milhões de dólares e teve um crescimento 53,2% sobre 2008.

O mercado de varejo de produtos para cuidados com a face aumentou no país de 48.8252 bilhões de pesos chilenos em 2006 para 75.1930 bilhões  em 2012. A previsão é que em 2017 o valor cresça para 101.7025 bilhões de pesos chilenos.

Em moeda local o crescimento do valor de mercado no segmento foi de 8.7% em 2007, 9.3% em 2009, e 4.6% em 2012. A expectativa é que  continue crescendo nos próximos anos e que em 2017 o crescimento seja de 5.5%.
O  segmento de cosméticos para cuidados com a face no Chile faturou em 2006 no mercado de varejo 73.6595 milhões de euros, em 2012 cresceu para 120.559 milhões  e a expectativa é que em 2017 o segmento cresça para 135.8326 milhões de euros.

Em euros o país teve um crescimento de valor de mercado no setor de produtos para cuidados faciais de 8.0% em 2009, 22.3% em 2010, e 12.6% em 2012. A expectativa é que em 2017 o crescimento do segmento seja de 4.3%.
O gasto per capita da população chilena no mercado de produtos para cuidados com a face aumentou de 4.483 euros em 2006 para 6.929 euros em 2012. A perspectiva é que em 2017 o valor seja de 7.472 euros.

O mercado de varejo de produtos para os cuidados com a face em proporção ao PIB (produto interno bruto) no Chile foi da ordem de 0.059530% em 2006, passou para 0.057608% em 2012 e pelas perspectivas deve girar em torno de 0.053614% em 2017.

Em valor de moeda local, o mercado de varejo no segmento de produtos para cuidados com a face teve um faturamento total em 2011 de 71,917.2 milhões de pesos chilenos, em 2012 aumentou para 75,193.0 milhões divididos da seguinte forma:

Produtos Anti-envelhecimento: Em 2011 faturamento de 37,756.6 milhões de pesos chilenos, em 2012 faturamento de 36,468.2 milhões.
Produtos Hidratantes: Em 2011 faturamento de 19,345.8 milhões de pesos chilenos, em 2012 faturamento de 23,138.1 milhões.
Produtos para Limpeza da Pele/ Tônicos: Em 2011 faturamento de 7,263.6 milhões de pesos chilenos, em 2012 faturamento de 7,753.1 milhões.
Produtos Especializados: Em 2011 faturamento de 3,452.0 milhões de pesos chilenos, em 2012 faturamento de 4,288.0 milhões.
Produtos Clareadores de Pele: Em 2011 faturamento de 3,523.9 milhões de pesos chilenos, em 2012 faturamento de 2,823.4 milhões.
Máscaras:  Em 2011 faturamento de 575.3 mil pesos chilenos, em 2012 faturamento de 722.2.

Observação: O segmento especializado teve um aumento significante em 2012 devido a altas vendas de produtos para acnes e cremes para a região dos olhos, correspondendo a 55% das vendas. O segmento de produtos hidratantes teve aumento nas vendas com base no desenvolvimento de novos produtos focados em tratamentos múltiplos.

Participação de mercado das Companhias no segmento de produtos para cuidados com a face no Chile

The L’Oréal Group – Em 2011 obteve 25.1% do mercado, em 2012 aumentou para 26.1%.

Avon Products Inc. – Em 2011 obteve 24.8% do mercado, em 2012 passou para 18.2%.

Beiersdorf AG  – Em 2011 obteve 14.5% do mercado, em 2012 aumentou para 15.7%.

Laboratorio Petrizzio S.A – Em 2011 obteve 7.7% do mercado, em 2012 aumentou para 8.7%.

Belcorp International S.A – Em 2011 obteve 4.2% do mercado, em 2012 aumentou para 5.0%.

Natura Cosméticos S.A – Em 2011 obteve 4.4% do mercado, em 2012 passou para 3.7%.

Oriflame Cosmetics S.A – Em 2011 obteve 2.6% do mercado, em 2012 passou para 3.0%.

Unilever PLC – Em 2011 obteve 2.0% do mercado, em 2012 aumentou para 2.2%.

Cosmética Nacional S.A – Em 2011 obteve 1.3% do mercado, em 2012 permaneceu em 1.3%.

Outros – Em 2011 obtiveram 13.4% do mercado, em 2012 aumentaram para 16.1%.

O crescimento médio anual do Chile no segmento de produtos para a face nos últimos 5 anos foi de 7.2%, a perspectiva para os próximos 5 anos é um crescimento médio anual de 5.9%.

Produtos para cuidados com a Face – Dados da pesquisa de Mercado e Varejo:

A pesquisa foi realizada dentro do mercado que abrange produtos anti- envelhecimento, clareadores de pele, hidratantes, produtos para a limpeza da pele, tônicos, máscaras e produtos especializados  para cuidados da pele facial feminina. Ele exclui os produtos medicamentosos  como os produtos para  tratamentos de acne. O valor de mercado é baseado nas vendas de todos os canais de varejo, incluindo venda direta ao consumidor. Ele inclui mercado popular e linhas de prestígio , e exclui o setor profissional , como os salões de beleza.

Definições do segmento de varejo Anti-envelhecimento
Inclui soros, loções e cremes com propriedades anti-envelhecimento.
Produtos para limpeza da pele/ tônicos
Inclui toalhetes, limpadores líquidos, sprays, removedor de maquiagem e esfoliantes.
Hidratantes
Inclui principalmente cremes e loções com função primária de hidratação  e hidratantes para nutrir a pele.
Clareadores de pele
Inclui cremes, loções e espumas especificamente para clareamento da pele.
Especializado
Inclui produtos para os lábios, olhos, nariz e pescoço, e produtos específicos para tratamentos.

Incluídos na pesquisa
Vendas através de canais populares como  hipermercados e redes de farmácias; vendas seletivas em locais de mais prestígio como lojas de departamento e perfumarias.
Produtos excluídos da pesquisa
Produtos direcionados especificamente para homens, depilatórios e clareadores para pelos faciais, produtos medicamentosos (como produtos para retirar impurezas  ou para problemas da pele, e sprays). Também estão excluídos da pesquisa produtos para bebês  e protetores solares, mesmo que contenham hidratantes.

Fontes: Mintel, Abihpec – Livro de Tendências 2014/2015

Para acessar mais informações sobre o mercado de cosméticos e  cuidados pessoais em todo o mundo por favor visite o site da Mintel.

Leia mais matérias sobre cosméticos e produtos de cuidado pessoal

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.