País em Foco: Chile. Parte 2: O Mercado de Cosméticos para Cuidados com o Corpo

A in-cosmetics Brasil teve acesso a uma pesquisa completa realizada pela Mintel (empresa líder mundial em pesquisas) sobre o mercado de cosméticos em diversos países da América Latina. O estudo mapeia cada setor da indústria e nos dá acesso aos números de crescimento dos últimos anos, além de projeções e  perspectivas para o futuro. Desmembramos a pesquisa e ao longo das próximas semanas disponibilizaremos essas informações, divididas em diversos artigos jornalísticos, no nosso site.

CHILE – O Mercado de Cosméticos para Cuidados com o Corpo

Um dos motivos para o crescimento do setor de cosméticos no Chile está ligado ao incremento da participação da mulher no mercado de trabalho, uma vez que essas consumidoras percebem a importância de cuidar da aparência para reconhecimento e melhoria da carreira profissional. Como consequência nos últimos anos houve um aumento no varejo especializado que passou a ser parte das redes de farmácias.

No segmento de produtos para cuidados com o corpo no Chile,  as vendas de varejo cresceram de 42.4708 bilhões de pesos chilenos em 2006 para 71.3820 bilhões em 2012. A perspectiva para 2017 é que o valor chegue a 101.4215 bilhões.

No ano de 2007 o segmento de cosméticos para cuidados com o corpo teve um crescimento de valor de mercado em moeda local de 8.2%, já em 2012 o crescimento foi de 7.6%, e o maior crescimento nos últimos anos foi em 2008 com 14.6%. A previsão é que em 2017 haja um crescimento de 6.3% no Chile.

O volume de faturamento do segmento em 2007 foi de 64.0730 milhões de euros , em 2012 cresceu para 114.448, e a previsão para 2017 é de  135.4573 milhões de euros. Medidos também em euros em 2008 o Chile teve um crescimento de só 0.2% no valor de mercado desse segmento, já em 2010 cresceu 24.6%, maior taxa de crescimento do segmento de produtos para cuidados com o corpo nos últimos anos no país, em 2012 a taxa foi de 15.9%, e a previsão para 2017 é um crescimento de 5.0%.

O gasto per capita da população chilena no mercado de produtos para cuidados com o corpo aumentou de 3.900 euros em 2007 para 6.577 euros em 2012, e a perspectiva é que em 2017 esse valor cresça para 7.451 euros.

O mercado de varejo nesse segmento  em proporção ao PIB (produto interno bruto) no Chile foi da ordem de 0.051782% em 2006, passou para 0.054688% em 2012 e a previsão é que deve girar em torno de  0.053466% em 2017.

O segmento de mercado de produtos para cuidados com o corpo no Chile totalizou 66,340.1 milhões de pesos chilenos em 2011 sendo dividido em um faturamento de 53,255.6 milhões em produtos para o corpo, 12,421.1 milhões em produtos para mãos e unhas e 663.4 em produtos para os pés. Em 2012 o total de vendas no segmento cresceu para 71,382.0 milhões de pesos chilenos sendo que 58,794.2 milhões foram em produtos para o corpo, 11,920.5 milhões em produtos para mãos e unhas e 667.3 em produtos para os pés.

A média de crescimento anual no Chile nos últimos 5 anos no segmento de produtos para cuidados com o corpo foi de 7.9%, a previsão é que nos próximos 5 anos a média fique em torno de 6.9%.

Participação de mercado das Companhias no setor de produtos para cuidados com o corpo no Chile:

Beiersdorf AG – Em 2011 obteve 27.1% do mercado, em 2012 cresceu para 29.9%.

Unilever PLC – Em 2011 obteve 11.7% do mercado, em 2012 passou para 10.5%.

Laboratório Durandin S.A.I – Em 2011 obteve 11.0% do mercado, em 2012 passou para 10.4%.

Johnson &Johnson Services, Inc. – Em 2011 obteve 10.4% do mercado, em 2012 passou para 10.2%.

Belcorp International S.A – Em 2011 obteve 6.2% do mercado, em 2012 cresceu para 7.1%.

Natura Cosméticos S.A – Em 2011 obteve 6.4% do mercado, em 2012 cresceu para 6.7%.

Avon Products Inc. – Em 2011 obteve 7.3% do mercado, em 2012 passou para 6.0%.

The L’Oréal Group – Em 2011 obteve 5.6% do mercado, em 2012 passou para 5.5%.

Outros – Em 2011 obtiveram 14.3% do mercado, em 2012 passaram para 13.7%.

Cosméticos para cuidados com o corpo. Dados de como foi realizada a pesquisa.

Definições de mercado de varejo: A pesquisa foi realizada dentro do mercado que abrange produtos para mãos, pés e cuidados com o corpo em geral, tanto para as mulheres como para os homens. O valor de mercado é baseado em vendas em todos os canais de varejo, incluindo venda direta ao consumidor. Ele inclui mercado de produtos populares e produtos de primeira linha e  exclui o setor profissional, como vendas nos salões de beleza.

Definição de segmentos:
Corpo: Esse segmento inclui produtos gerais para o corpo: esfoliantes, hidratantes, produtos para diminuição de medidas,  anti- celulite e enrijecedores de pele.
Pé: Esse segmento inclui produtos como cremes, bálsamos e toalhetes.
Mão/Unhas: Este segmento inclui hidratantes para as mãos e produtos anti-envelhecimento; cremes para nutrição das unhas e cremes para cutícula.
Incluídos na pesquisa: Vendas através do mercado de massa como hipermercados e redes de farmácias,  e através de pontos de vendas de prestígio como lojas de departamento e perfumarias.

Excluídos da pesquisa: Produtos depilatórios e clareadores, talco, produtos para unhas: unha postiça, esmaltes, desodorantes para os pés, talco,  palmilhas, medicamentos, produtos específicos para bebês, protetores solares, mesmo que tenham hidratantes; produtos para massagem e óleo calmante.

Fontes: Mintel e III Caderno de Tendências 2014-2015 ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos)

Para acessar mais informações sobre o mercado de cosméticos e  cuidados pessoais em todo o mundo por favor visite o site da Mintel.

Leia mais matérias sobre cosméticos e produtos de cuidado pessoal

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.