The new suncare: tendências na proteção solar

The new suncare: tendências na proteção solar

Sentimos falta de passar momentos ao ar livre. A medida em que os picos da pandemia são superados em diferentes países e voltamos a uma “nova normalidade” é importante fazê-lo com segurança, levando em consideração o distanciamento social e as medidas adequadas de proteção da pele contra o sol e as condições ambientais.

Uma postagem recente do GCI de agosto apresenta uma previsão de mercado de protetor solar pela Allied Market Research em US $ 2,9 bilhões até 2026, com um CAGR de 3,7% entre 2019 e 2026. A categoria After-Sun terá um papel importante neste crescimento, uma vez que projeta um CAGR de 4,1% naquele período.

Como a pandemia afeta a categoria de proteção solar? No futuro, veremos uma tendência para a produção local ou produtos globalizados? Quais são as novas necessidades que surgem para o consumidor?

Vitamina D. Los Angeles Times publicou um artigo impressionante em 8 de agosto dizendo que a vitamina D poderia proteger as pessoas do coronavírus, já que os baixos níveis dessa vitamina estão relacionados à infecção e hospitalização por Covid-19, de acordo com um estudo realizado em Israel. Os médicos avaliaram cerca de 8.000 pacientes quanto a fatores de risco para infecção, e um marcador constante era o baixo nível de vitamina D no sangue, o que pode ser devido, em parte, ao confinamento geral da população.

Na edição de julho / agosto do Journal of Cosmetic Science, Antony Young apresentou um artigo sobre a comparação da fotoproteção da pele por pigmentação e filtros solares, que revela um quadro interessante em tempos de pandemia. A melanina, em pessoas com pele naturalmente pigmentada, oferece um alto nível de fotoproteção contra os efeitos adversos da radiação ultravioleta e, em contraste, tem um efeito inibidor modesto na síntese de vitamina D, enquanto bronzeamento em pessoas com pele clara oferece fotoproteção relativamente baixa. A dose limite para a síntese de vitamina D é muito menor do que para queimaduras solares, então a síntese de vitamina D ainda é possível com a aplicação correta de protetor solar. Este será um campo de interesse e pesquisa para a indústria cosmética no futuro imediato, caso vejamos mais descobertas científicas em relação à vitamina D, seu efeito protetor contra Covid-19 e estudos de síntese de vitamina D com diferentes níveis da proteção solar.

Glocal e Regulação. Na proteção solar, vemos que a pandemia também alterou o consumo e as marcas que distribuem produtos em diversos países também foram afetadas por bloqueios locais e regionais. A produção local de ingredientes e produtos está surgindo como tendência. Na proteção solar, a harmonização tem sido vista como uma oportunidade, mas neste momento cada país está tentando tomar suas próprias medidas e isso se reflete nas inovações locais. Na tabela a seguir vemos um comparativo da concentração de filtros solares em diferentes regiões e podemos concluir que o desenvolvimento de formulações globais pode exigir esforços técnicos sem precedentes, além da impossibilidade de atendimento a determinadas reivindicações em algumas regiões, justamente pela falta de harmonização.

Comparação da concentração de filtros solares em diferentes regulamentações

FILTRO SOLAR EUA UE MERCOSUL JAPÃO CHINA
BUTIL METOXIDIBENZOILMETANO (AVOBENZONA) 3 5 5 10 5
HOMOSALATO 15 10 15 10 10
ANTRANILATO DE MENTILA 5   5    
OCTOCRILENO 10 10 10 10 10
OCTILMETOXICINAMATO (OCTINOXATO) 7.5 10 10 20 10
ETILHEXIL SALICILATO 5 5 5 10  
BENZOFENONA-3 (OXIBENZONA) 6 6 10 5 10
ÁCIDO FENILBENZIMIDAZOL SULFÔNICO (ENSULIZOL) 4 8 8 3 8
BENZOFENONA-4 (SULISOBENZONA) 10 5 10 10 5
DIÓXIDO DE TITÂNIO 25 25 25 100 25
ÓXIDO DE ZINCO 25 25 25 100 25
ÁCIDO TEREFTALILIDENO DICÂMFORA SULFÔNICO   10 10 10 10
P-METOXICINAMATO DE ISOAMILO   10 10   10
ETILHEXIL TRIAZONA   5 5 5 5
DROMETRIZOL TRISILOXANO   15 15 15 15
DIETILHEXIL BUTAMIDO TRIAZONA   10 10   10
4-METILBENZILIDENO CÂNFORA   4 4   4
ETILHEXIL DIMETIL PABA 8 8 8 10 8
METILENO BIS-BENZOTRIAZOLIL TETRAMETILBUTILFENOL (BISOCTRIZOL)   10 10 10 10
FENIL DIBENZIMIDAZOL TETRASULFONATO DISSÓDICO   10 10   10
BIS-ETILEXILOXIFENOL-METOXI-FENIL TRIAZINA (BEMOTRIZINOL)   10 10 3 10
POLISILICONE-15   10 10 10 10
DIETILAMINO HIDROXIBENZOIL HEXIL BENZOATO   10 10 10 10
TRIS-BIFENIL TRIAZINA   10 10 10  

The new outdoor. Os desafios que a indústria de protetores solares enfrenta devido às novas tendências e necessidades dos consumidores criadas pela pandemia, têm a ver com o atendimento da demanda por reivindicações como: mineral sunscreens, reef-safe, ocean-safe, prebiotic, probiotic e posbiotic sunscreens, plastic-free sunscreens, vitamin D promotor, surferapproved e energy visible light (HEV) ou blue light, visible light (VIS) e infrared radiation (IR) protection. Digital care também se apresenta como uma das áreas prioritárias para essa categoria devido aos novos hábitos de consumo durante a pandemia.

Inclusive suncare. Veremos protetores solares mais verdes no mercado, enquanto a luta por justiça racial exige uma indústria de protetores solares mais inclusiva. Em relatório de julho, a Mintel aponta a importância da formulação de produtos para as necessidades dos consumidores BIPOC (black, indigenous and people of color).

New formats. Inovações de mercado, como sprays, cushion, produtos multifuncionais, genderless, formulações fluidas, ampolas, glittering effect, 100% mineral, touch-free, hair & scalp sunscreens, embalagem biodegradável, luxury hand suncare, tanning booster, mousse…

The new suncare… A pandemia apresenta uma grande oportunidade de criatividade e inovação para a indústria cosmética e esta é uma boa oportunidade para fortalecer o conceito de proteção de uma forma mais integral. As necessidades estão mudando, o mundo enfrenta a pandemia de diferentes formas e enquanto alguns países já estão emergindo, outros aguardam o pico. A expectativa é que a indústria cosmética ofereça soluções para todos os momentos, incluindo cuidar do planeta de forma sustentável.

Reunindo especialistas do setor, fornecedores de matérias-primas para produtos de suncare e desenvolvedores, na in-cosmetics Latin America você encontra todos os recursos para impulsionar suas futuras formulações e projetos na área de cuidados com a pele. E este ano apresentamos um evento 100% online, onde você poderá participar de reuniões interativas com compradores e fornecedores de matérias-primas para beleza e cuidado pessoal de toda a Europa e Américas. Acesse a programação da in-cosmetics Virtual e garanta seu lugar!

 
Você também vai gostar…
 
 
 

Tagged , , , , , .

Farmacêutico (Universidade Nacional, Colombia), com um Master em Desenvolvimento Sustentável (EOI Business School, Madrid) e estudos de pós-graduação em Marketing, Ciência Cosmética e Neuromarketing. Ele tem 28 publicações em revistas científicas e um capítulo de livro em formulação cosmética. Maison G de Navarre Prize (IFSCC 2004), Henry Maso Award (IFSCC 2016) e melhor trabalho científico em Colamiqc Equador 2009, Colamiqc Brasil 2013 e Farmacosmética Colombia 2014. Ele foi palestrante em várias conferências internacionais na Europa e América Latina. Desde 2013 escreve a coluna "Tendências" na revista Cosmetics & Toiletries Brasil. Ele é membro da Scientific Advisory Board de Cosmetics & Toiletries dos EUA. Presidente da Accytec Bogotá 2017-2019. Ele é atualmente Cientista Pesquisador Sênior na Belcorp, Colômbia.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.