Inovação rumo a um futuro sustentável

Inovação rumo a um futuro sustentável

No dia 03/11, a WGSN foi convidada para participar da nova iniciativa do grupo in-cosmetics, o Focus Collab. Como parceiro oficial de tendências, fomos convidados para fomentar a discussão de um renomado grupo de empresários nacionais sobre os desafios da indústria da beleza no Brasil e no mundo. Em uma parceria exclusiva com a in-cosmetics Latin America, realizamos o pré lançamento do nosso mais novo white paper que foi utilizado como fonte de informação para o debate.

Recentemente, a WGSN lançou um estudo global, abordando um assunto que parece datado, mas se torna cada vez mais importante para o futuro dos negócios: a sustentabilidade. O White Paper “Criar melhor: Inovação rumo a um futuro sustentável”, começa trazendo os 3 perfis de consumidores que estão liderando as conversas e cobranças a respeito de sustentabilidade para as marcas conhecerem e começarem a interagir desde já.

Os consumidores estão esperando mudanças das empresas, e muitos estão dispostos a participar ativamente na construção de um mundo melhor junto com as marcas que escolherem. De acordo com um relatório de 2020 do IBM Institute for Business Value, seis em cada 10 consumidores estão prontos para mudar seu comportamento de compra para minimizar sua pegada ambiental. Os dados ainda sugerem que isso se intensificou durante a pandemia.

Os perfis de consumidores mencionados acima são:

jovens voluntarios

1. Sustentabilidade democrática: o consumidor orientado por valores

Para este grupo, as expectativas de sustentabilidade estarão centradas na acessibilidade e escalabilidade. As empresas precisarão agir por meio de modelos e estratégias que democratizem o acesso à educação e estilos de vida sustentáveis.

2. Sustentabilidade ativa: o consumidor orientado por propósito

Esses consumidores estão canalizando seus receios em relação à emergência climática em esperança e ação, voluntariamente adotando novos comportamentos a fim de reduzir sua pegada ecológica. As empresas precisarão colaborar com esses defensores da sustentabilidade, comunidades e indivíduos para lidar com a emergência climática coletivamente.

3. Sustentabilidade terceirizada: o consumidor desengajado

Impulsionado por um sentimento de desconfiança nas instituições e pela desinformação, esta grupo rejeita a responsabilidade de minimizar o impacto ambiental pessoal por meio de novos comportamentos. Em vez disso, eles colocam suas expectativas nas empresas para intervir e liderar a transformação ambiental.

O entendimento desses perfis de forma profunda pode ajudar as marcas a inovarem da maneira correta, olhando para as expectativas impostas por seus clientes.

Outro destaque do estudo fala sobre as estratégias de sustentabilidade por parte das marcas de beleza. São elas:

Beleza biotecnológica

A importância da preservação da natureza aumentou com a pandemia, com a Covid-19 demonstrando o tênue equilíbrio entre as pessoas e o planeta. Os consumidores agora procuram ingredientes de beleza que sejam idênticos aos naturais, sem serem retirados diretamente da própria natureza, mitigando os temores em torno dos riscos de perda de biodiversidade e futuros vírus zoonóticos. Esses ingredientes emergentes atendem a uma série de preocupações crescentes do consumidor, oferecendo garantias de que o ingrediente atende aos requisitos de saúde e segurança graças à sua abordagem baseada na ciência, ao mesmo tempo que atrai consumidores de beleza conscientes que buscam reduzir seu impacto.

Beleza sem água

O suprimento mundial de água potável está acabando. A ONU prevê que até 2025, dois terços da população do planeta viverá em condições de escassez de água.

A crise hídrica representará uma série de problemas para as marcas de beleza, tanto em seus processos de fabricação quanto para os consumidores, ao usarem seus produtos. A crescente conscientização sobre a qualidade e a escassez da água está inspirando a demanda por produtos que usam menos água em sua composição e em seu modo de uso, enquanto as cadeias de abastecimento transparentes precisarão demonstrar que a água é tratada com respeito ao longo da produção. Produtos secos ou sólidos representam o futuro da beleza sem água.

Reciclagem decodificada

A quarentena aumentou a consciência do consumidor sobre o lixo, com demandas por uma reciclagem mais conveniente vindo à tona. Em particular, os consumidores desenganados, como falado anteriormente, esperam que as empresas façam as alterações necessárias em suas embalagens, permitindo-lhes viver de forma mais sustentável com facilidade.

De acordo com uma recente pesquisa global da Hi-Cone, 80% das pessoas que não reciclam todo o seu plástico o fariam se tivessem mais orientação.

Para isso, uma forma de garantir maior facilidade de reciclagem é por meio dos monomateriais. Embalagens contendo vários materiais, seja na forma de componentes, como pumps e tampas, ou “camadas” de diferentes materiais que não podem ser reciclados de forma eficaz, estão sendo eliminados. A simplicidade é vital. Fazer um produto em um único material automaticamente facilita a reciclagem por parte do consumidor, evitando a necessidade de desmontar e separar as partes da embalagem para garantir uma reciclagem eficiente.

Como um previsor de mudanças e tendências, a WGSN orienta nossos clientes a ajustarem sua estratégia em meio a este cenário em constante mudança, fornecendo uma visão especializada do consumidor. De refilagem de embalagens a móveis e roupas feitos de micélio, mostramos como as preocupações com as mudanças climáticas estão impulsionando a inovação e criando oportunidades que atendem às necessidades do consumidor de uma forma mais sustentável.

Tagged , , .

A WGSN é a autoridade global em tendências de consumo e design, ajudando marcas em todo o mundo a criar os produtos certos na hora certa para o consumidor do amanhã. As previsões de design e consumidor da WGSN têm credibilidade e impulsionam um design de produto de sucesso, permitindo que nossos clientes criem um futuro melhor. Nossos serviços abrangem as percepções do consumidor de diversas indústrias, como moda, beleza, design de interiores, estilo de vida, previsão de alimentos e bebidas, análise de dados e consultoria especializada.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.