BRASIL: TENDÊNCIAS E INDICAÇÕES DO CONSUMIDOR PARA O MERCADO DE CUIDADOS COM OS CABELOS

BRASIL: TENDÊNCIAS E INDICAÇÕES DO CONSUMIDOR PARA O MERCADO DE CUIDADOS COM OS CABELOS

Por Silvia Lourenço

O Brasil vem enfrentando dificuldades econômicas nos últimos anos, e uma das consequências no setor de beleza foi a queda nas vendas do varejo de produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC). Apesar da recessão, o segmento de produtos para os cabelos não foi tão afetado como outros, e a previsão é de ampla retomada e recuperação do crescimento já em 2017.
O mercado brasileiro de cuidados com os cabelos cresceu 4,7% em 2015, e 5,8% em 2016. Em 2017 pesquisas da Mintel estimam que as vendas no varejo crescerão 6,8%, atingindo R$ 15,53 bilhões.

O consumidor brasileiro

Apesar da uma nova tendência de cabelos naturais, muitos brasileiros ainda preferem os cabelos lisos.
Embora 40% das mulheres brasileiras entrevistadas considerem ter cabelos ondulados, 48% afirmam que o tipo de cabelos que elas usam com mais frequência é liso. Das pesquisadas, 29% afirmam usar os cabelos ondulados, ou cabelos encaracolados (19%), a maior parte do tempo.
Isso pode revelar que a tendência de usar os cabelos naturais, ondulados ou encaracolados, ainda não é tão significativa entre a população brasileira.

Os cortes de cabelo e reparo das cutículas capilares são feitos principalmente em salões de beleza
De acordo com a pesquisa, os brasileiros fazem a maior parte de seus tratamentos capilares em casa. No entanto, para tratamentos mais complicados, como corte dos fios e reparo das cutículas do cabelo, os salões de beleza ainda são os preferidos. O desenvolvimento de produtos para aqueles que acabaram de fazer um corte de cabelo, ou reparo da cutícula, é uma maneira de continuar oferecendo benefícios aos consumidores, mesmo que estes serviços sejam feitos nos salões.

Produtos para queda de cabelos podem se beneficiar da tendência hairceuticals
De acordo com a pesquisa, o problema mais citado pelos brasileiros foi a alta incidência de queda dos cabelos, que atinge 32% dos entrevistados. Essa característica foi citada principalmente pelas mulheres (45% em comparação a 18% dos homens). Sendo assim os produtos para evitar a queda dos fios podem se beneficiar da tendência hairceuticals – o equivalente a dermocosmética para o cuidado do cabelo. Produzidos com ingredientes naturais e medicinais, eles combinam tecnologia e resultados de alto desempenho para combater problemas como queda, afinamento dos fios e cabelos secos.

 

Características do “cabelo” brasileiro

Os pesquisadores pediram para os entrevistados escolherem quais características se aplicam ao cabelo de cada um, mais de uma característica poderia ser indicada. As respostas foram:

  • Meu cabelo cai muito ………………………………………………………………32%
  • Meu cabelo tem muito volume …………………………………………………29%
  • Meu cabelo é oleoso ………………………………………………………………..28%
  • Eu tenho muito cabelo branco ………………………………………………….28%
  • Meu cabelo tem muito frizz ………………………………………………………27%
  • Meu cabelo tem pontas secas ……………………………………………………23%
  • Meu cabelo demora a crescer ……………………………………………………19%
  • Meu cabelo tem pontas duplas ………………………………………………….19%
  • Meu cabelo não tem muito brilho ……………………………………………..14%
  • Meu cabelo não tem volume ……………………………………………………..13%
  • Meu cabelo está danificado por causa de tratamentos químicos ……12%
  • Meu cabelo é difícil de pentear …………………………………………………..10%

 

Marcas precisam ensinar os brasileiros sobre como usar preshampoos
A pesquisa revela também que 17% dos brasileiros estão interessados ​​em preshampoos. Uma série de produtos, que devem ser utilizados antes da lavagem para preparar o cabelo para o próximo passo, foram lançados no mercado, no entanto, o interesse em preshampoos não significa que os brasileiros estejam usando esses produtos. As marcas precisam ensinar, de forma clara e fácil de entender, como os consumidores devem usar esses produtos e os benefícios que eles fornecem.

Visão geral
Segundo a pesquisa os tratamentos que os brasileiros fizeram mais em casa do que nos salões de beleza foram hidratações, escovas e tinturas permanentes.
Além disso, 40% dos consumidores mostraram interesse em produtos capilares com ingredientes naturais e 30% em shampoos com menos produtos químicos; 21% dos entrevistados também estão interessados em shampoos antipoluentes. Do total 21% (homens e mulheres) buscam produtos direcionados para seu gênero: masculino ou feminino; 20% quer produtos para se “livrar” dos cabelos brancos (como colorantes por exemplo); 20% preferem economizar comprando produtos em embalagens maiores; 14% dos consumidores procuram opinião sobre novos produtos através dos blogueiros; 9% estão usando mais ativadores de cachos comparado ao ano anterior; 8% buscam inspirações de cor e corte através de celebridades; 8% tem usado condicionadores de limpeza no lugar dos shampoos.

 

Matéria realizada em agosto de 201. Fonte: Mintel. Pesquisa: Haircare Brazil, April 2017

 

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.