Colour Cosmetics: tendências em maquiagem, relação com autoestima e ingredientes para formulações

Colour Cosmetics: tendências em maquiagem, relação com autoestima e ingredientes para formulações

Atualmente é esperado que as maquiagens sejam mais do que um simples produto para correções faciais. Espera-se que esses produtos também ofereçam outros benefícios, como proteção solar ,ação antienvelhecimento e ação antipoluição. Além disso, nota-se que pouco a pouco o setor de maquiagem masculina ganha força no ocidente. Pensando nisso, escrevi esse artigo sobre tendências de maquiagens e algumas estratégias para atender as demandas do consumidor atual.

Neste artigo você verá: 

  • Relação da maquiagem com a autoestima;
  • Tendências no setor de maquiagem;
  • Ingredientes interessantes em formulações de maquiagens.

Maquiagem e a autoestima

Algumas condições cutâneas (principalmente faciais), como acne, psoríase e rosácea, podem ter impactos emocionais e psicológicos nas pessoas que as possuem, afetando a auto estima e qualidade de vida no geral. O melasma, por exemplo, que é caracterizado por manchas escuras na pele, acomete cerca de 15 a 35% das mulheres brasileiras adultas. Mulheres que possuem essa condição podem ter redução na autoestima e produtividade, assim como aumento de ansiedade e desenvolvimento de depressão que, em alguns casos, pode levar até ao isolamento social.

maquiagem e autoestima

Um estudo publicado em 2020 concluiu que um produto cosmético com ação corretiva pode melhorar a qualidade de vida e qualidade da pele de indivíduos com desordens cutâneas. O estudo foi realizado com uma quantidade consideravelmente alta de voluntários: 1840 pessoas, onde 95% foram mulheres. As principais condições cutâneas incluíram acne, melasma e rosácea. O produto foi aplicado diariamente por 4 semanas. Para avaliar o impacto do produto na qualidade de vida dos voluntários foi utilizado o Skindex-16, um questionário que avalia os efeitos das desordens cutâneas na qualidade de vida.

Anteriormente, um estudo publicado em 2012 havia analisado o uso da maquiagem (com ação corretiva) em indivíduos com dermatoses, como vitiligo, acne e cicatrizes. O número de indivíduos avaliados neste estudo foi menor, mas também observou-se melhora na auto-estima e qualidade de vida geral dos voluntários.

Na maioria dos casos, as pessoas que possuem alguma condição cutânea procuram melhoria imediata. Entretanto, o tratamento de muitas dessas condições é feito com medicamentos (de administração tópica e oral). Resultados perceptíveis podem ser notados após várias semanas, ou até meses, de tratamento. Além disso, é necessário que o tratamento seja feito de maneira consistente. Isso pode frustrar o paciente e fazer com que ele perca a confiança na melhora.

As maquiagens, por sua vez, possuem efeito imediato, através do disfarce e suavização de áreas com alterações visíveis, como manchas hiperpigmentadas. Isso causa satisfação imediata nos pacientes e pode aumentar a adesão ao tratamento.

De acordo com alguns estudos, mulheres costumam investir mais em produtos de beleza durante momentos de recessão econômica e utilizam maquiagens como uma forma de compensação. Um dos motivos para isso é o papel que a maquiagem possui no aumento da autoestima. Alguns pesquisadores e jornalistas chamam esse efeito de ‘lipstick effect’.

Tendências no setor de maquiagem 

De acordo com um relatório da Factor-Kline, cosméticos que oferecem multibenefícios são foco de desenvolvimento na atualidade, e o setor de maquiagens é um dos segmentos que incorpora esse conceito em seus desenvolvimentos.  Uma das associações clássicas é a presença de filtros solares em formulações de maquiagem, fazendo com que as maquiagens também ofereçam proteção solar.

maquiagem colorida e pinceis

Segundo um levantamento da Euromonitor, o mercado global de ‘cosméticos com cor’, que engloba maquiagens e esmaltes, fechou o ano de 2019 com vendas de US$ 72,25 bilhões, e desde 2014 vem registrando aumento de 2,5% ao ano. A previsão de crescimento é de 1,7% ao ano até 2024.

O Brasil se destaca no ranking global de cosméticos com cor, sendo o 5º maior país desse segmento, estando atrás de países como Estados Unidos e Reino Unido. No ano de 2019 houve uma mudança e as maquiagens faciais (produtos como bases faciais) superaram os produtos para os lábios, que foram líderes de vendas no país por décadas. Isso mostrou o aumento no interesse de produtos que oferecem cobertura e demais benefícios, como proteção solar, ação antienvelhecimento e antipoluição.

Uma das maneiras de conquistar mais clientes, mesmo em um momento de recessão econômica, é atender às suas demandas e expectativas em relação à produtos. O público brasileiro busca maior cobertura para ‘imperfeições’ da pele, uniformidade, durabilidade e maior espalhabilidade, conferindo um acabamento natural.  O uso de pigmentos tratados, por exemplo, podem ajudar a alcançar esses resultados.

De acordo com Fabrizio Freda, CEO da Estée Lauder Companies, países como a China, Austrália e Israel, que estão avançados em relação ao combate da pandemia, mostram um cenário positivo para o retorno do crescimento do setor de maquiagens. Segundo Fabrizio, haverá um equilíbrio entre venda de produtos básicos (como bases, batons e máscaras para os cílios) e novidades, já que muitos consumidores tiveram um momento difícil durante a pandemia e portanto procuram um ‘novo normal’. O retorno ao trabalho presencial e situações de socialização mostram que o setor de maquiagens pode passar por um período de ‘renascença’.

Cosméticos multifuncionais podem ser definidos como aqueles que oferecem algum benefício além do benefício primário. Espera-se que um shampoo 2-em-1 limpe e condicione os cabelos. Outro exemplo clássico é o ‘BB cream’, que tem como conceito realizar a cobertura da pele do rosto enquanto também oferece outros benefícios, como proteção solar.

Para alguns consumidores, produtos multifuncionais podem ser uma opção para economizar tempo e dinheiro. Produtos de maquiagem normalmente são os últimos a serem aplicados na face, logo, a utilização de produtos multifuncionais pode resultar na diminuição de camadas a serem aplicadas.  Além disso, por conta da crise econômica mundial, muitos consumidores procuram por produtos com bom custo-benefício, e a criação de produtos que apresentam diversos benefícios pode se encaixar nessa estratégia.

Outra tendência em crescimento é a de maquiagem para homens. Algumas marcas tradicionais já possuem linhas específicas de produtos de cuidados faciais para homens, como a Clinique for Men, Boy de Chanel e Tom Ford for Men. Além disso, algumas marcas de nicho estão surgindo, como House of Formen e War Paint for Men.

No geral, produtos direcionados para esse público fornecem correções suaves e pequenos aperfeiçoamentos. O público alvo são os Millenials e Geração Z. Gerações mais velhas são propensas a adquirirem produtos que suavizam fatores como linhas finas e olheiras. A geração Z, entretanto, é mais flexível em relação aos cosméticos com cor. Além disso, muitos homens estão começando a enxergar a maquiagem como uma forma de parecer bem em público, com visual ‘limpo’ e natural. Esse setor pouco a pouco ganha impulso no mercado ocidental.

Ingredientes interessantes em formulações de maquiagens

Silicones são ingredientes que possuem ótima aplicabilidade em formulações de maquiagens. As resinas de silicone, em específico, são formadoras de filme, o que pode conferir longa durabilidade às maquiagens. Também podem aumentar a aderência dos pigmentos na pele, evitando sua transferência. Um exemplo de resina para essa aplicação é o BELSIL® TMS 803 (INCI Name: Trimethylsiloxysilicate).

formulacao de cosmetico

Elastômeros também são uma excelente opção, uma vez que podem suavizar rugas e linhas de expressão. Além disso, conferem sensorial agradável, com toque seco. Exemplos de elastômeros incluem o BELSILRG-90 (INCI Name: Isododecane (and) Vinyldimethyl/Trimethylsiloxysilicate Stearyl Dimethicone Crosspolymer), BELSILEG-5 (INCI Name: Cyclopentasiloxane (and) Dimethicone/Vinyl Dimethicone Crosspolymer) e o DOWSIL™ EP-9801 Hydro Cosmetic Powder (INCI Name: Dimethicone/Vinyl Dimethicone Crosspolymer (and) Silica (and) Butylene Glycol).

Silicones fluidos e de alta espalhabilidade são excelentes opções para formulações de maquiagens, sendo responsáveis, principalmente, pelas características sensoriais do produto e dispersão de pigmentos.

Pigmentos de efeito também são ingredientes fundamentais em cosméticos com cor. São ingredientes responsáveis pelo visual ‘brilhante’ e de iluminação que muitos produtos cosméticos podem causar. Para produzir esse efeito, os pigmentos interagem com a luz. Entretanto, essa interação não ocorre apenas na superfície do pigmento, mas também em outras partes de sua estrutura. São utilizados em cosméticos como sombras para os olhos e iluminadores. Em cosméticos comuns eles podem fornecer visual suave de iluminação. Alguns fabricantes e fornecedores possuem portfólio amplo para pigmentos de efeito, como a Merck e Colormix (distribuição de pigmentos da Eckart).

Outro ingrediente excelente para esse tipo de formulação é a Niacinamida, que pode oferecer benefícios como alívio de inflamações, uniformização do tom de pele e fortalecimento da barreira cutânea.

Conclusão

Por conta da recessão econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, o setor de maquiagens no Brasil experienciou uma queda. Entretanto, países mais avançados em relação ao combate à pandemia mostram uma perspectiva positiva para o futuro do setor. Os consumidores atuais esperam que as maquiagens sejam algo além que uma simples cobertura. É esperado que esses produtos ofereçam outros benefícios, como longa duração, ação antienvelhecimento e antipoluição, assim como ação fotoprotetora. Além disso, o gradual crescimento do setor de maquiagem masculina no ocidente mostra um nicho com possibilidade de exploração.

Ingredientes como silicones e pigmentos tratados são boas opções para a criação de maquiagens duradouras e com sensorial agradável. Além disso, ingredientes multifuncionais, como a Niacinamida, podem auxiliar na criação de produtos que atendam à demanda por maquiagens que oferecem diferentes benefícios.

Gostou deste artigo?

Espero que sim e adoraria saber sua opinião! Deixe seu comentário abaixo sobre o que você mais gostou.

O objetivo deste artigo é contribuir para a elevação do nível técnico de profissionais interessados na área. Para qualquer orientação mais aprofundada procure sempre um profissional apto e com experiência no assunto.⠀


Que tal continuar o aprendizado sobre Colour Cosmetics com a “Previsão de cores para 2023” da WGSN?

One comment

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.