Perspectivas do mercado de maquiagens e esmaltes no Brasil

Perspectivas do mercado de maquiagens e esmaltes no Brasil

A consumidora brasileira está cada dia mais adepta ao uso da maquiagem. O aumento do poder aquisitivo, maior número de mulheres no mercado de trabalho propiciaram nos últimos anos mais acesso a esses itens de beleza. A mulher também está mais informada e exigente quanto aos produtos de alta qualidade, a expectativa é que eles não causem dano à pele e que tenham fator de proteção solar e toque seco, não oleoso. Esses benefícios já devem estar contidos nos produtos, pois as consumidoras esperam isso das marcas. Para se inovar nesse setor é necessário ir além desses tópicos, e assim incrementar ainda mais a categoria.

O esmalte é um acessório indispensável para a beleza da mulher brasileira. Hoje pintar as unhas é realmente uma necessidade em quase todas as camadas da população, melhorando a autoestima e ajudando mulheres e adolescentes a se sentirem mais poderosas e seguras. A capacidade que o esmalte tem de renovar o visual é tão grande por um custo tão baixo, que ele passou a fazer parte da composição do look no dia a dia, estando em sintonia com a maquiagem, roupa e cabelos. No Brasil as mulheres também pintam as unhas dos pés porque usam mais sapatos abertos, o que não acontece com tanta frequência em países frios.

O segmento de esmaltes e maquiagens no Brasil faturou em 2007 aproximadamente 2 bilhões de reais, em 2012 o faturamento foi de 3,69 bilhões e a expectativa para 2017 é que ultrapasse 6 bilhões e meio de reais em vendas. O crescimento do valor de mercado de varejo em moeda local foi de 16.7% em 2007, 13.3% em 2012 e a projeção para 2017 é crescer 8.2%.

Em dólares o faturamento do mercado de varejo no Brasil foi de pouco mais de 1 bilhão em 2007, cresceu para 1,753.6 bilhão em 2010, chegou a 1,893.8 bilhão de dólares em 2012 e a perspectiva para 2017 é faturar 2,600.8 bilhões de dólares. Em porcentagem o mercado de maquiagens e esmaltes cresceu 30.5% em 2007, 35.2% em 2010 (maior crescimento dos últimos anos) mas em 2012 teve uma pequena queda de -3.0%, voltando a crescer nos anos seguintes. A perspectiva é que em 2017 o mercado cresça 5.6%.

O gasto per capita da população brasileira no mercado de maquiagens e esmaltes foi de 5.30 dólares em 2007, passou para 9.50 em 2012, e a previsão para 2017 é que seja de 12.52. O segmento em proporção ao PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro foi da ordem de 0.073586 em 2007, passou para 0.084278 em 2012 e a previsão é que deve girar em torno de 0.10073 em 2017.

No geral o mercado de maquiagens e esmaltes do país faturou 1,960 bilhão de reais em 2007 sendo dividido em um faturamento de 622.9 milhões de reais em produtos para os lábios, 415.4 milhões em produtos para os olhos, 293.6 milhões em produtos para a face e 628.7 milhões de reais em produtos para as unhas.

Em 2012 o mercado faturou 3,692 bilhões de reais sendo dividido em um faturamento de 1,037.0 bilhão de reais em produtos para os lábios, 957.3 milhões em produtos para os olhos, 869.6 milhões em produtos para a face e 829.0 milhões de reais em produtos para as unhas.

Resumo: Taxa de Crescimento Anual

Nos últimos 5 anos a taxa média de crescimento anual do Brasil no segmento de maquiagens e esmaltes foi de 15.6%.

Nos próximos 5 anos a previsão é que o crescimento médio anual seja de 11.8%.

Participação de mercado das Companhias no setor de maquiagem e esmaltes no Brasil:

Avon Products Inc

Em 2010 a empresa obteve 31.2% do mercado, em 2011 passou para 30.1% e em 2012 obteve 28.0% do mercado.

Natura Cosméticos Ltda

Em 2010 a empresa obteve 12.3% do mercado, em 2011 cresceu para 12.6% e em 2012  cresceu para 13.0% do mercado.

Botica Comercial Farmaceutica Ltda

Em 2010 a empresa obteve 7.7% do mercado, em 2011 cresceu para 8.3% e em 2012  cresceu para 12.0% do mercado.

Hypermarcas SA

Em 2010 a empresa obteve 8.5% do mercado, em 2011 passou para 7.9% e em 2012  cresceu para 10.0% do mercado.

L’Oréal Group

Em 2010 a empresa obteve 8.9% do mercado, em 2011 obteve 8.8% e em 2012  cresceu para 8.9% do mercado.

Contém 1g SA

Em 2010 a empresa obteve 2.3% do mercado, em 2011 continuou com 2.3% e em 2012 permaneceu com 2.3% do mercado.

Marcelo Beauty SA

Em 2010 a empresa obteve 1.9% do mercado, em 2011 cresceu para 2.0% e em 2012 cresceu para 2.1% do mercado.

Mundial S.A.

Em 2010 a empresa obteve 2.1% do mercado, em 2011 cresceu para 2.2% e em 2012  passou para 1.9% do mercado.

Estée Lauder Cosmetics Inc

Em 2010 a empresa obteve 0.7% do mercado, em 2011 permaneceu com 0.7% e em 2012 cresceu para 1.0% do mercado.

Laboratories Payot SA

Em 2010 a empresa obteve 0.9% do mercado, em 2011 permaneceu com 0.9% e em 2012 continuou com 0.9% do mercado.

Mary Kay Inc

Em 2010 a empresa obteve 0.8% do mercado, em 2011 permaneceu com 0.8% e em 2012 cresceu para 0.9% do mercado.

Outros

Em 2010 as empresas obtiveram 22.7% do mercado, em 2011 cresceram para 23.4%, e em 2012 obtiveram 19.0% do mercado.

Tendências para os próximos anos: Maquiagem para olhos e maquiagem para lábios são as tendências de maiores crescimentos nesse setor no Brasil, embora as demais subcategorias como maquiagem facial e esmaltes  também apresentem bons índices e tenham boa perspectiva de crescimento.

Maquiagens e Esmaltes. Dados de como foi realizada a pesquisa. 

Definições de mercado de varejo: A pesquisa foi realizada dentro do mercado que abrange maquiagens para os olhos, rosto, lábios e esmaltes para unhas femininas. Estão excluídos da pesquisa removedor de esmalte, produtos medicamentosos incluindo protetor labial e cosméticos postiços tais como cílios e unhas. O valor de mercado é baseado em vendas nos canais de varejo, incluindo venda direta ao consumidor e outlets selecionados.

Definições de segmentos:

Olhos: Esse segmento inclui produtos para sobrancelhas, cílios postiços/máscaras, delineador/lápis e sombras.

Rosto: Esse segmento inclui blushes, pós bronzeadores, corretivos, base, pó facial e primers.

Lábios: Esse segmento inclui batom/brilho e lápis de boca.

Unhas: Esse segmento inclui esmaltes e bases.

Excluídos da pesquisa: Removedor de esmalte, produtos medicamentosos incluindo protetor labial e cosméticos postiços.

Fontes: Pesquisa Mintel

III Caderno de Tendências 2014-2015 da ABIHPEC

Faça o seu credenciamento agora para a in-cosmetics Brasil 2015

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.