Coronquilos

Coronquilos

O jornal ABC da Espanha publicou uma nota em outubro que diz “Cuidar do seu peso durante a pandemia deve ser uma mensagem tão importante quanto o uso de máscaras ou a lavagem das mãos”.

Um estudo realizado pela Sociedade Espanhola de Obesidade indica que quase 50% dos espanhóis declaram que ganharam peso durante o confinamento. Os principais jornais do mundo têm publicado artigos e reportagens sobre o ganho de peso da população durante o confinamento.

Em uma matéria de agosto, o The New York Times observou que para cada pessoa que posta uma selfie suada no Instagram, há outra (ou quatro) tentando lidar com o estresse induzido pela pandemia. É exatamente o estresse que está acelerando o ganho de peso da população. A questão é que sabemos que a obesidade se comporta como fator de risco para as formas graves da doença. 80% dos pacientes que apresentavam formas graves de infecção por COVID-19, que necessitaram de intubação, ventilação mecânica na UTI e / ou óbito eram obesos.

A seguir, veremos algumas das tendências de emagrecimento em que a indústria cosmética tem uma grande oportunidade de inovação.

Body positive

Existe uma tendência chamada Corpo Positivo que defende amar o nosso corpo e vestir a roupa que gostamos, independentemente do tamanho que vestimos. Tem cada vez mais seguidores em todo o mundo e inspira muitas pessoas nos cinco continentes. Essa tendência defende aceitar as peculiaridades físicas. As pessoas agora estão menos obcecadas com seu peso e mais preocupadas com seu bem-estar geral, otimizando dietas, redefinindo a cultura de fitness, equilibrando alimentos para uma nutrição melhor que o ajude a atingir seus objetivos.

Slimming positive

Este ano assistimos a uma reviravolta nos produtos slimming que, em 2020, irão se juntar à tendência Body Positive. A perda de centímetros já não está no centro das mensagens, mas sim o acompanhamento, o treino, a recuperação … A compra de um produto adelgaçante é, portanto, vista como uma oportunidade de religação com o próprio corpo. Essa reorientação talvez fale mais a todos aqueles que são céticos sobre sua eficácia.

Body contouring

Nos tempos pre-pandemic, conseguimos ver uma grande tendência no tratamento corporal não cirúrgico, que vai acompanhar a reativação e o relaxamento das quarentenas em muitos países. Novos tratamentos baseados em fototerapia (LED ou infravermelho) para redefinir abdominais, nádegas e outros músculos. Eles também ajudam a desintoxicar, recuperar e firmar o corpo do desgaste pelo qual todos estamos passando.

All inclusive

Esta é mais uma das grandes tendências desta categoria. Estamos vendo produtos multiativos com uma variedade de claims que acompanham o benefício de slimming, como hidratação, softness, firmeza, tonificação, estrias, anti-envelhecimento, nutrição, bronzeamento… incluindo aromaterapia para ajudar a aliviar o estresse e as preocupações.

Botulínica toxin

Este ano, vimos um boom nos tratamentos com toxina botulínica para outras partes do corpo. Essa é uma tendência que se originou na Coréia e está sendo adotada em vários países. Os dermatologistas estão aplicando injeções de toxina botulínica para emagrecer os músculos do pescoço, ombros, panturrilhas e coxa. Os efeitos podem ser vistos em apenas quatro a seis semanas e duram em média seis meses.

From “Clean Beauty” to “Clean Eating”

A grande tendência de Clean Beauty também está muito presente na categoria de slimming, que é enriquecida com tendências em ingredientes e fórmulas dietéticas. Fermentos, iogurtes e derivados, ingredientes veganos e ingredientes locais e tradicionais fazem parte dos novos conceitos.

Black phosphorus

Uma publicação feita em julho na revista Applied Materials Today, apresenta a aplicação de fósforo preto em um adesivo solúvel com microagulhas que ajuda a emagrecer o corpo de forma indolor, eficaz e precisa.

Apps

Em meio à pandemia, a questão do slimming ganhou relevância por dois motivos. Em primeiro lugar, porque nesta situação de incerteza muitas pessoas optaram por se manter saudáveis ​​e isso tem se refletido no desenvolvimento de muitas aplicações para se exercitar, como um personal trainer virtual. As marcas de cosméticos estão lançando novos conceitos para aprimorar os resultados dos exercícios. Em segundo lugar, porque existem outros tipos de consumidores que privilegiam a indulgência, os mimos e os cuidados com o corpo, portanto, procuram soluções sensoriais que permitem que o corpo esteja em harmonia.

Home lab

Os consumidores estão fazendo suas próprias fórmulas alimentares em casa. Por exemplo, é comum que as pessoas façam leites de vegetais, amêndoas, soja, coco, macadâmia e incluam kefir, kombuchka, linhaça, chia, aipo, espinafre, chá e maca em sua dieta, entre outros ingredientes que estão na moda. Portanto, nos nutricosméticos estamos vendo novos conceitos como a slimming detox que ajudam a emagrecer e estão alinhados com o uso desses ingredientes.

A indústria cosmética tem uma grande oportunidade de nos ajudar a nos livrar desses coronaquilos obtidos com a pandemia e o confinamento. As novas abordagens da categoria estão relacionadas aos conceitos de estilo de vida saudável, corpo positivo e saúde.

Tagged , .

Farmacêutico (Universidade Nacional, Colombia), com um Master em Desenvolvimento Sustentável (EOI Business School, Madrid) e estudos de pós-graduação em Marketing, Ciência Cosmética e Neuromarketing. Ele tem 28 publicações em revistas científicas e um capítulo de livro em formulação cosmética. Maison G de Navarre Prize (IFSCC 2004), Henry Maso Award (IFSCC 2016) e melhor trabalho científico em Colamiqc Equador 2009, Colamiqc Brasil 2013 e Farmacosmética Colombia 2014. Ele foi palestrante em várias conferências internacionais na Europa e América Latina. Desde 2013 escreve a coluna "Tendências" na revista Cosmetics & Toiletries Brasil. Ele é membro da Scientific Advisory Board de Cosmetics & Toiletries dos EUA. Presidente da Accytec Bogotá 2017-2019. Ele é atualmente Cientista Pesquisador Sênior na Belcorp, Colômbia.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.